Noticias

Bernardo Pereira recebe homenagem e incentivo

Bernardo Pereira, que no último fim de semana sagrou-se campeão da Europa de Canoagem de Mar no escalão de sub-23, recebeu esta terça-feira do presidente da Câmara Municipal da Calheta uma medalha do Concelho como reconhecimento por mais uma vitória e, também, como um “incentivo para o Campeonato do Mundo que está aí a chegar”. Palavras de Carlos Teles, que recebeu nos Paços do Concelho o jovem canoísta do Clube Naval da Calheta (CNC).

A homenagem ao atleta decorreu no Salão Nobre da Câmara Municipal, um espaço que tem vindo a ser palco de várias homenagens deste género, ou não fosse a Calheta “uma terra de campeões”, conforme fez questão de salientar o presidente, orgulhoso dos resultados que têm sido obtidos nas diversas modalidades.

Carlos Teles prometeu continuar a apoiar os diversos clubes do concelho, não só para ajudar os atletas a obterem vitórias por esse mundo fora, mas principalmente para “permitir que todos possam praticar desporto no concelho da Calheta”. A esse respeito, o autarca deixou largos elogios ao CNC por saber “aproveitar e investir bem os fundos que tem recebido”, crescendo e obtendo resultados de excelência.

David Pereira, presidente do Clube, agradeceu todo o apoio cedido pelo Município e aproveitou para anunciar que graças a essa ajuda, para além do Bernardo, outros quatro atletas do CNC irão participar no Campeonato Mundial de Canoagem.

Bernardo Pereira, grato por todo o apoio e reconhecimento, disse estar confiante para a grande prova que decorre já em outubro em Viana do Castelo, onde pretende renovar o título de campeão do mundo, conquistado no ano passado. O atleta, que recentemente foi nomeado um dos embaixadores oficiais da Semana Europeia do Desporto 2022, aproveitou para apelar à prática desportiva “nem tanto pelo crescimento do Desporto, mas sobretudo para o bem-estar pessoal, porque todos nós precisamos de atividade física”.

Calheta quer acolher Mundial de Patinagem

A Calheta sonha com a possibilidade de poder acolher um Campeonato Mundial de Patinagem de Velocidade, já que a Pista de Patinagem dos Prazeres “é considerada uma das melhores do mundo”, conforme sublinhou Alípio Silva, treinador e selecionador nacional.

O assunto surgiu à margem de uma homenagem feita pela Câmara Municipal da Calheta aos atletas do CDR Prazeres que participaram no Campeonato Europeu de Patinagem de Velocidade, em Itália, onde se sagraram campeões e vice-campeões.

Carlos Teles aplaudiu a ideia de receber um Mundial em 2025, tendo em conta a sua importância sobretudo do ponto de vista promocional do concelho, contudo referiu que esta “é uma ideia que acarreta custos que terão de ser devidamente analisados de forma responsável”.

De resto, foi nesta oportunidade que o autarca deixou um “profundo reconhecimento e agradecimento” aos atletas que tão bem representaram a Seleção Nacional no Campeonato Europeu, um reconhecimento extensível a todos os que diariamente trabalham para obter estes excelentes resultados”, conforme fez questão de sublinhar o presidente Carlos Teles, dirigindo-se aos técnicos e responsáveis pelo clube, familiares, encarregados de educação e demais entidades que apoiam o clube e a modalidade.

Carlos Teles enalteceu os atletas medalhados nesta competição, destacando a participação de Jéssica Rodrigues e Afonso Silva pelos títulos de campeões e vice-campeões europeus, mas deixou também um profundo reconhecimento a todos os outros atletas “pelo trabalho em equipa”. “Muitas vezes nas nossas vidas há aqueles que estão nos bastidores, que não aparecem na fotografia, mas que efetivamente trabalham para obter resultados”, justificou, acrescentando que, por isso, “todos são campeões”.

O autarca entregou a medalha do Concelho a todos os atletas e renovou o compromisso de continuar a apoiar a equipa e estes jovens, que tão bem têm representado a Calheta, a Madeira e o nosso País por esse mundo fora.

O presidente do CDR Prazeres, Duarte Anjo, agradeceu a receção e todo o apoio que o Município tem dado aos atletas do concelho, permitindo que a Calheta alcance uma “dimensão inimaginável”.

Câmara distribui manuais por todos os alunos

A Câmara Municipal da Calheta distribuiu esta segunda-feira por todas as escolas do concelho os manuais escolares para o ano letivo 2022/2023.  

A medida abrange os vários níveis de ensino, até ao 12º ano, pelo que todos os estudantes do concelho terão, uma vez mais, acesso aos manuais escolares de forma gratuita. O objetivo é aligeirar o bolso das famílias calhetenses, sendo também mais um passo para garantir que todos os alunos tenham acesso à educação de forma inclusiva e equitativa. 

Trata-se de um investimento à volta de 99.660 euros que inclui não só os manuais em formato papel, mas também os manuais digitais até ao 9º ano de escolaridade, estendendo assim o apoio que já é dado neste âmbito pela Secretaria Regional da Educação, Ciência e Tecnologia. 

A Câmara Municipal da Calheta quer, desta forma, acompanhar a evolução dos novos modelos de ensino e criar condições de excelência na área da Educação.  

Partilhe Esta Página