Noticias

Apoio ao comércio do Jardim e Paul disponível

Vimos pelo presente informar que já foi publicado o Regulamento de atribuição de apoio extraordinário ao comércio de restauração e bebidas das freguesias do Jardim do Mar e Paul do Mar face ao encerramento da Estrada Regional 223. 

 

Os comerciantes e empresários da área já se podem candidatar ao apoio, de forma presencial, no Posto de Turismo. 

 

O documento, onde constam todos os critérios e condições de acesso ao apoio, está disponível na página da Câmara Municipal da Calheta, bem como o respetivo formulário de candidatura. Para aceder aos documentos pode clicar aqui

 

Com este apoio, o Município pretende contribuir para a sustentabilidade e sobrevivência do referido tecido empresarial das freguesias do Jardim do Mar e Paul do Mar e consequentemente da manutenção dos respetivos postos de trabalho, durante o período em que decorre a obra  de “Prevenção e Mitigação do Risco de derrocadas nas escarpas sobranceiras à Estrada Regional 223, no Troço compreendido entre o Estreito da Calheta e Jardim do Mar”.

 

Calheta regista maior aumento de alojamentos

De acordo com os dados preliminares dos Censos 2021, a Calheta é o concelho da Região que regista maior crescimento no número de alojamentos (4,5%).

Não obstante, há a registar uma perda de 5,28% da população nos últimos 10 anos, fixando-se agora nos 10.913 habitantes, menos 608 indivíduos do que nos últimos censos. O Paul do Mar é a freguesia da Região que registou a maior quebra populacional (-27,1%), ao passo que as freguesias do Jardim do Mar e da Calheta inverteram essa tendência, estando mesmo entre as sete freguesias da Região a registar um crescimento populacional, um aumento de 4,9% e 0,8%, respetivamente.

A população residente na Região decresceu 6,2%, contabilizando-se menos 16.725 pessoas do que em 2011, fixando-se a população agora nos 251.060 indivíduos.

Praia da Calheta tem sistema inovador

 Depois da instalação de um sistema inovador na Praia da Calheta que mede a temperatura ambiente, a temperatura da água balnear e a força das radiações ultravioletas, segue-se o lançamento da App ‘OptiSun’. 

Desde o início da época balnear que a Praia da Calheta conta com um painel informativo que disponibiliza aos banhistas esse tipo de informação atualizada ao segundo, informação que é disponibilizada, também, na página do Município.

A novidade agora é a aplicação móvel que dá dicas personalizadas relativamente às medidas de proteção à exposição solar consoante o nível de radiação e o tipo de pele de cada indivíduo.

Um investimento a pensar na Saúde Pública que tem sido complementado com outras atividades, nomeadamente ações de sensibilização e campanhas de prevenção solar. Ainda na semana passada, tivemos a oportunidade de inquirir os banhistas da nossa praia com o objetivo de aferir o conhecimento sobre o índice de radiação ultravioleta (IUV) e a utilidade dos equipamentos e serviços enquadrados no projeto IUVSense, que está a ser desenvolvido pela empresa Optisigma. Uma atividade que decorreu em paralelo com uma campanha de prevenção solar a cargo do Núcleo Regional da Madeira da Liga Portuguesa Contra o Cancro - "Com o sol não se brinca". O objetivo é consciencializar e alertar a população sobre os benefícios e malefícios da exposição solar, potencializando a aprendizagem e a implementação de novos hábitos. 

Na oportunidade, foi montada uma tenda onde foram desenvolvidas atividades lúdicas de sensibilização junto de crianças e jovens, sendo que no local esteve também um profissional de saúde para esclarecer todas as dúvidas relacionadas com o tema em questão. A Liga também distribuiu material informativo junto dos banhistas, com a indicação de comportamentos mais saudáveis durante a exposição solar.

Apesar da luz solar ser essencial para o funcionamento do nosso organismo, a exposição excessiva aos raios solares, nomeadamente à radiação ultravioleta, tem efeitos nocivos na nossa pele.

Ciente de que essa exposição acontece principalmente nas piscinas e nas praias, e sendo a Praia da Calheta um dos espaços mais procurados pelos banhistas, a Autarquia local não quis ficar indiferente a esta causa, apostando, para o efeito, em sistemas inovadores que promovam a saúde pública de todos os seus utilizadores.

 

Partilhe Esta Página