• Estreito da Calheta

  • 1

Freguesia do Estreito da Calheta

 

 
Área: 13,4 km² 
População: 1605 habitantes (Censos de 2011)
Densidade populacional: 112,2 hab/km²
Distância à sede do Concelho: 4,3 km

 

História

 

Nasceu no séc. XIV.

A primitiva povoação teve a sua origem numa fazenda concedida ao fidalgo, natural da Polónia, André Gonçalves de Franças. Foi seu filho, João de França, que fez construir a capela de Nossa Senhora da Graça, em que depois se criou e instalou a nova paróquia, sendo também a sede do morgadio que fundou em 1503. Um outro sesmeiro, juiz dos órfãos e escudeiro fidalgo, Francisco Homem de Gouveia, aqui se fixou no séc. XVI e fundou o morgadio e capela do Reis Magos.

A denominação de Estreito (desfiladeiro, vale ou profundidade), possivelmente teve origem num pequeno sítio, com maior ou menor propriedade de aplicação do termo, embora no seu conjunto, as condições orográficas não justifiquem tal denominação.

Zona de enorme beleza natural “As casinhas lá em cima, bem na crista da montanha, os campos a seus pés, rendidos ao trabalho persistente do homem… o cheiro a terra fresca, a horta e a fartura… É este o Estreito da Calheta, autêntico, verdadeiro, solarengo. À espera de um visitante sensível que saiba apreciar.

 

Património Histórico Edificado

 
Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Graça*

 

Foi João de França, filho de André Gonçalves de França, que fez construir a capela N. S. da Graça, em que depois se criou e instalou a nova paróquia, sendo também a sede do morgado que fundou em 1503. João de França morreu por volta de 1511, tendo sido sepultado na capela.

A capela de N. S. da Graça, depois convertida em igreja paroquial foi sucessivamente acrescentada ou melhor reconstruída em ano que não podemos precisar. É certo que o templo atual foi edificado no ano de 1791 e benzido em 1793.

Esta Igreja teve, novamente, obras entre 1968 e 1971, tendo sido alterado o seu frontispício e a torre.

*Imóvel classificado de valor concelhio. Decreto n.º 129/77 de 29 de Setembro.

 


 

 Capela Nossa Senhora da Conceição*

Situada no Sítio da Igreja, esta capela foi fundada por André de França Andrade, no ano de 1673, em terras de seu morgadio, tendo sido o primeiro conde da Calçada (1812 – 1906) último representante daquela casa vinculada.

”(…) a vasta propriedade foi vendida às parcelas pelo seu último possuidor, tendo sido também alienadas a capela e a casa solarenga que ficam anexas.”

*Imóvel classificado de valor concelhio. Decreto n.º 129/77 de 29 de Setembro.

 

 

Infraestruturas

 

 

Próximo Artigo: