Voltar à página inicial Câmara Municipal da Calheta

Noticias

Biblioteca com várias atividades até dezembro

A nossa Biblioteca Municipal continua ativa! Eis a programação para os próximos meses.
Esta semana teremos já três iniciativas! Na quarta-feira haverá uma sessão de histórias para bebés, na quinta-feira o Clube de Leitura marcará encontro para falar de livros marcantes e, na sexta-feira, aguardamos pelas crianças do nosso concelho para mais uma sessão de "Conta-me uma história".
Marque todas estas datas na sua agenda e participe!

Câmara da Calheta homenageia bombeiros

A Câmara Municipal da Calheta aprovou esta quinta-feira, por unanimidade, um voto de louvor aos Bombeiros Voluntários da Calheta (BVC), pela dedicação incansável no combate aos incêndios ocorridos na semana passada neste concelho.

A homenagem foi feita em reunião de Câmara e o reconhecimento foi extensível às diversas entidades que, de uma forma ou de outra, colaboraram com a Câmara Municipal na preservação da segurança e bem-estar de todos, nomeadamente as várias corporações de bombeiros da Região, a equipa de sapadores vinda do continente, o Instituto das Florestas e Conservação da Natureza (IFCN), a Polícia de Segurança Pública (PSP), a Guarda Nacional Republicana (GNR), a Empresa de Eletricidade da Madeira (EEM) e as empresas de telecomunicações.

Foi igualmente aprovado um voto de solidariedade às vítimas dos incêndios que sofreram de alguma forma as consequências deste nefasto acontecimento.

 A Autarquia aprovou ainda a isenção do pagamento de água do corrente mês para as famílias afetadas pelos incêndios, nomeadamente os residentes nas freguesias dos Prazeres, Fajã da Ovelha e Ponta do Pargo.

A proposta de apoio à população já havia sido anunciada pelo presidente da Autarquia logo após os fogos, tendo em conta o excedente de água gasto pelos residentes no combate às chamas e também para próprio consumo, nomeadamente para proceder a limpezas mais profundas. A medida também foi aprovada por unanimidade.

Autarquia reforça aposta na Feira do Livro

Foi na presença de dezenas de crianças que a Feira do Livro da Calheta arrancou, esta quinta-feira, no Porto de Recreio da Calheta. “Uma forma bonita de começar um evento, sobretudo um evento cultural como este que é a Feira do Livro”, transmitiu o presidente da Autarquia, ciente da importância de incutir hábitos de leitura desde tenra idade. Carlos Teles falava na abertura oficial desta segunda edição do evento que decorre até o próximo sábado, dia 30 de setembro, e que contará com diversas apresentações de obras literárias, sessões de teatro, conferências, atividades para crianças e ainda momentos musicais.

O autarca lançou o apelo para que toda a população visite o evento que este ano acontece num local mais visível e atrativo. Para além de um novo espaço, a Autarquia reforçou o investimento na própria programação com o intuito de atrair mais público.

“Queremos continuar a incentivar as práticas culturais no concelho da Calheta. Este é um concelho em franco desenvolvimento em diversas áreas e nós queremos que seja também na área cultural. Estamos aqui a afirmar a nossa posição ao nível regional e queremos continuar a fazê-lo”, disse Carlos Teles, insistindo no apelo à participação neste evento que tem, desde logo, um tema “muito sugestivo”: “Viagens…”. “Aconselho toda a gente a viajar desta forma”, desafiou.   

A abertura da II Feira do Livro contou ainda com a presença da diretora de Serviços de Museus e Centros Culturais da Direção Regional da Cultural, Graça Alves, que elogiou a organização do evento e também a política que vem sendo adotada na promoção do livro e da cultura, lembrando inclusive que o Município já foi pioneiro em algumas iniciativas que decorrem ao nível regional. 

Já Isabel Gouveia, do Centro de Estudos e Desenvolvimento de Educação, Cultura e Social (CEDECS), explicou em traços gerais a programação desta Feira do Livro, idealizada a pensar nas diversas faixas etárias.

No recinto encontram-se cinco 'stands' de editores e livreiros que se associaram ao evento, nomeadamente a Direção Regional da Cultura, a FNAC, o Xarabanda, a Alfarrabista e o Livro de Sonhos, pelo que esta será mais uma oportunidade para os visitantes consultarem e adquirirem novos tesouros literários.

Partilhe Esta Página