• Levada do Risco

  • 1

PR 6.1 - Levada do Risco

 
  • Itinerário
  • Rabaçal - Casas do Rabaçal - Risco
  • Início
  • Rabaçal (E.R. 105)
  • Fim
  • Rabaçal (E.R. 105)

 

 

 

Ficha Técnica

  • Tipologia
  • PR
  • Dificuldade
  • FÁCIL
  • Terreno
  • REGULAR
  • Sentido
  • IDA E VOLTA
  • Distância
  • 6,6 KM (2x 3,3 KM)
  • Duração
  • 2h30min – 3h

Percurso 3D

Fonte: Google Earth

Como Chegar

Tendo como referência a saída do Funchal e, devido à Estrada Regional (E.R.105) entre a Encumeada e o Rabaçal encontrar-se de momento fechada ao trânsito, recomendamos que:

  • Deve seguir na Via Rápida (VR1) em direção à Ribeira Brava;
  • Na Ribeira Brava, siga pela Via Expresso (VE3) em direção à Ponta do Sol e Calheta;
  • Na chegada à vila do Arco da Calheta, na rotunda, siga pela 1ª saída em direção à Estrada Regional (E.R.222);
  • No sítio do Loreto siga a sinalização até ao Rabaçal;
  • O percurso encontra-se à direita.

 

Pontos de Interesse

A Levada do Risco (e das 25 Fontes) é um dos trajetos mais frequentados quer pelos madeirenses quer pelo fluxo turístico existente, sendo de fácil entendimento o porquê. Tal como a Levada das 25 Fontes, poderá iniciar este percurso de duas formas: ou pela zona do Rabaçal na E.R. 105 (Antiga E.R. 110) ou pela Zona de Lazer da Caldeira, denominada de “Garagem”, na Estrada Dr. Roberto Monteiro (Antiga E.R. 211).

Em qualquer um dos acessos é possível facilmente encontrar o trilho, sendo que por uma questão de mobilidade e de estacionamento, indicamos que tenha como referência a primeira opção, até porque existe um serviço de transporte disponibilizado pelo Município da Calheta que efetua o trajeto até ao ponto referencial de partida: o Posto Florestal do Rabaçal. São cerca de 2 KM a distância verificada entre o início do percurso e o posto florestal do Rabaçal, tendo um custo de 3€ para efetuar um trajeto de ida, e de 5€ para as viagens de ida e volta.

As paisagens verdes densas e profundas permitem uma descida inspiradora até ao início da Levada, sendo que à medida que se aproxima a frequência de Floresta Laurissilva intensifica-se.

Antes de chegar ao Posto Florestal encontra à sua direita um trilho, não sinalizado, que dá acesso à vereda da Lagoa do Vento. Para mais informações clique aqui.

Chegando ao posto florestal facilmente identifica através da sinalização por onde deve prosseguir. A Levada do Risco encontra-se paralela à Levada das 25 Fontes estando no entanto numa altitude ligeiramente superior à sua vizinha, que se encontra mais abaixo. Tendo ambas como destino a Central Hidroelétrica da Calheta, dispõem de cenários idênticos do ponto de vista paisagístico e florístico, existindo no entanto, muitas particularidades em cada uma delas, como é o caso das quedas de água e dos muitos ângulos de visualização das profundas paisagens.

A floresta Laurissilva encontra-se bem representada neste percurso sendo que, em harmonia com as centenárias urzes, criam um cenário inesquecível.

Por ser um percurso curto e tranquilo, é frequente ver famílias com filhos mais novos, sendo que é um excelente trajeto para poder oferecer aos seus filhos mais novos. O termo Risco não está associado de todo à essência deste trajeto, sendo que, não deverá ser uma fator de apreensão.

Nos dias mais chuvosos o piso poderá estar mais escorregadio por via da lama, pelo que deverá tomar um cuidado extra na sua mobilidade, pois na zona do Rabaçal, além da intervenção humana sobre os canais de água, toda a envolvência encontra-se definida pela mãe natureza.

O final do percurso é brindado com mais um ponto de contemplação pois a belíssima cascata do Risco impõe-se de forma significativa.

A partir da cascata do Risco, não é possível seguir em frente, apesar de aparentemente parecer que é possível prosseguir.

O regresso faz-se pelo mesmo caminho sendo que se tiver tempo poderá aproveitar e deslocar-se até à levada das 25 Fontes.

Segurança

Além das normas gerais de segurança que o Município da Calheta preparou especificamente para si e que pode consultar aqui, tenha em atenção as recomendações específicas do percurso:

- A Levada do Risco é uma das levadas mais frequentadas da Madeira, pelo que, durante o percurso nos locais mais estreitos, deverá facilitar o acesso a quem se encontrar em posição mais desfavorável;

- Apesar de corresponder a um percurso que salvaguarda com varandins os pontos mais sensíveis, tenha sempre em atenção para não se apoiar nos mesmos, quando dar passagem a alguns caminhantes;

- Durante o seu percurso, encontrará diversos atalhos que poderia eventualmente testar e/ou experimentar. Além dos que estão sinalizados ou dos indicados anteriormente, não se aventure em locais que não esteja previamente informado.

Mapa

 

Galeria

Partilhe Esta Página