O Município da Calheta entregou, recentemente, cinco computadores portáteis à EB1/PE do Estreito da Calheta, a pedido da mesma, para colmatar algumas dificuldades associadas às circunstâncias atuais e ao próprio funcionamento das atividades no respetivo estabelecimento.

Para o efeito, a autarquia investiu 3.385 euros, num apoio complementar que já é dado pela Secretaria Regional da Educação Ciência e Tecnologia.

De referir que logo no início da pandemia a Câmara Municipal da Calheta cedeu 36 tablets aos estudantes do 1º Ciclo que não disponham deste tipo de meios, para que também estes pudessem acompanhar o Plano Nacional de Ensino à distância.

A política educativa é e continuará a ser uma prioridade deste Executivo que tem procurado, cada vez mais, trabalhar em prol de uma educação de excelência, inclusiva e equitativa. 

 

 

Partilhe Esta Página