• Vereda da Fajã Grande

  • 1

Vereda da Fajã Grande

 
  • Itinerário
  • Miradouro do Fio - Fajã Grande
  • Início
  • Miradouro do Fio
  • Fim
  • Miradouro do Fio
 

 

 

Ficha Técnica

  • Tipologia
  • VEREDA
  • Dificuldade
  • EXPERIENTE
  • Terreno
  • IRREGULAR/ÍNGREME
  • Sentido
  • IDA E VOLTA
  • Distância
  • 3 KM (2x 1,5 KM)
  • Duração
  • 2h - 2h30min

Percurso 3D

Fonte: Google Earth

Como Chegar

Tendo como referência a saída do Funchal:

  • Deve seguir na Via Rápida (VR1) em direção à Ribeira Brava;
  • Na Ribeira Brava, siga pela Via Expresso (VE3) em direção à Ponta do Sol e Calheta;
  • Na chegada ao sítio da Raposeira e fim da Via Expresso (VE3), siga pela 1ª saída em direção à Estrada Regional (E.R.101);
  • Na chegada à vila da Ponta do Pargo, no cruzamento com a Estrada Regional (E.R.101), siga à esquerda até o Miradouro do Fio;
  • O percurso encontra-se à direita.

 

Pontos de Interesse

Esta vereda, tal como a Vereda do Pesqueiro, é mais um dos acessos que lhe permite manter um contacto direto com a linha de costa mais a oeste do concelho da Calheta.

Poderá avistar bem o local de destino através do Miradouro do Fio, existente junto à Casa de Chá, no início do percurso na Ponta do Pargo.

A descida da encosta é efetuada em contornos de ziguezague até à linha do mar sendo que, apesar da menor distância entre o topo da encosta e o calhau, relativamente à paralela descida da vereda do Pesqueiro, a mesma é mais acentuada aumentando deste modo o grau de dificuldade quer da subida quer da descida, pelo que, recomendamos vivamente que a mesma seja apenas efetuada caso cumpra com todos os requisitos físicos de capacidade necessários.

Durante o percurso é possível verificar que o cenário da encosta encontra-se coberto por uma vasta plantação natural de tabaibeiras, pelo que, tenha cuidado com o contacto direto, pois os espinhos quase invisíveis dos mesmos poderão se tornar incómodos na pele. Antes do contacto mais direto com o mar a zona quase plana, outrora devidamente explorada, corresponde a uma zona de excelência para as atividades agrícolas. Os socalcos são bem visíveis nesta zona percebendo-se bem a robustez que ainda mantêm mesmo com o passar dos anos.

O trilho na parte final, dado à pouca utilização da vereda, foi a espaços envolvido pela vegetação, sendo necessário por vezes desbravar caminho, sem no entanto perder o sentido do trajeto.

No contacto com o calhau, poderá perceber a real dimensão da encosta e sentir a maresia e a sonoridade do mar, recuperando as energias necessárias para proceder ao regresso.

Segurança

Em comparação com a Vereda do Pesqueiro, que também permite descer a encosta e estar em contacto direto com o calhau, a Vereda da Fajã Grande apresenta um grau de dificuldade superior sendo que terá que se certificar SEMPRE, se cumpre com os requisitos técnicos e físicos, do percurso. Consulte a ficha técnica e o capítulo da segurança antes de planear a sua caminhada.

Além das normas gerais de segurança que o Município da Calheta preparou especificamente para si e que pode consultar aqui, tenha em atenção as recomendações específicas do percurso:

- Por ser um trajeto pouco utilizado, o natural processo erosivo dos percursos de encosta contam com alguma queda de pedra, tornando-o algo escorregadio. Leve calçado apropriado e um bordão de apoio;

- Apesar de não ser um percurso com pontos sensíveis a vertigens, os percursos de descidas de encostas pressupõem sempre uma exposição aberta com panorâmicas profundas face ao declive acentuado. Certifique-se que lida bem com as mesmas;

- O percurso ainda utilizado pelos locais, não dispõe de varandins e proteções tal como nos percursos recomendados. Tenha em atenção ao passar pelos locais mais expostos;

- Uma vez no calhau, não se aventure em nadar, o calhau de acesso ao mar é composto por pedras de grande porte, tornando a mobilidade de grau elevado. Consulte as nossas praias no mapa Calheta Virtual;

- Se percorrer o calhau, não se distancie muito do local de regresso e tenha em atenção a subida da maré;

- Comparando com a Vereda do Pesqueiro, uma vez que ambos percorrem a mesma encosta e partilham a mesma praia, fica a dica para que a Vereda do Pesqueiro é mesmo assim, menos exigente. Compare os percursos e veja.

Mapa

 

Galeria

Partilhe Esta Página