• Levada do Paul II

  • 1

Levada do Paul II

 
  • Itinerário
  • Rabaçal - Posto Florestal da Cova Grande
  • Início
  • Rabaçal (E.R. 105)
  • Fim
  • Rabaçal (E.R. 105)
 

 

 

Ficha Técnica

  • Tipologia
  • LEVADA
  • Dificuldade
  • MÉDIA
  • Terreno
  • PLANO
  • Sentido
  • IDA E VOLTA
  • Distância
  • 9,8 KM (2x 4,9 KM)
  • Duração
  • 3h – 3h30min

Percurso 3D

Fonte: Google Earth

Como Chegar

Tendo como referência a saída do Funchal e, devido à Estrada Regional (E.R.105) entre a Encumeada e o Rabaçal encontrar-se de momento fechada ao trânsito, recomendamos que:

  • Deve seguir na Via Rápida (VR1) em direção à Ribeira Brava;
  • Na Ribeira Brava, siga pela Via Expresso (VE3) em direção à Ponta do Sol e Calheta;
  • Na chegada à vila do Arco da Calheta, na rotunda, siga pela 1ª saída em direção à Estrada Regional (E.R.222);
  • No sítio do Loreto siga a sinalização até ao Rabaçal;
  • O percurso encontra-se à esquerda.

 

Pontos de Interesse

Este percurso inicia-se junto à câmara de carga do Rabaçal (E.R. 105). Tal como grande parte dos percursos que se iniciam na zona do Rabaçal existe uma zona destinada a estacionamento a Norte do reservatório, sendo bem junto a este reservatório que se inicia este percurso.

A Levada do Paul II corresponde em termos hídricos à continuação da Levada do Paul I (Levada do Alecrim), sendo igualmente possível encontrar paisagens profundas e uma calma dominante.

Este percurso, apesar dos seus cerca de 10 KM de extensão (ida e volta) é uma caminhada apropriada para quem procura um acesso fácil, sem obstáculos e com vistas longas, próprias de quem se encontra a 1.300 metros de altitude.

Quase toda a extensão do percurso é feita em paralelo à levada numa vegetação de baixo nível, permitindo horizontes profundos e de contemplação ampla.

Como é muito frequente na zona do Rabaçal, é possível passar por alguns ribeiros e afluentes sendo no entanto, de fácil passagem. Neste percurso, terá igualmente que atravessar a Estrada do Rochão, podendo de seguida manter a normal rota por entre o trilho, sendo a partir daqui possível avistar as imponentes “ventoinhas” eólicas assim como os painéis solares, fontes de produção energética que se juntam ao recurso hídrico da Levada do Paul II.

À chegada à estrada regional 209, junto ao Posto Florestal da Cova Grande, significa que a primeira metade do percurso está a terminar. A levada continua até o vale da Ponta do Sol (zona das Rabaças) mas o percurso proposto tem como retorno o posto florestal, sendo que para alcançá-lo deve subir cerca de 70 metros.
Bem junto deste edifício existe um dos monumentos mais importantes do Paul da Serra: o Cristo Rei do Paul, podendo aproveitar o momento para efetuar um piquenique.

O caminho de volta é efetuado pelo mesmo trajeto.

Segurança

Além das normas gerais de segurança que o Município da Calheta preparou especificamente para si e que pode consultar aqui, tenha em atenção as recomendações específicas do percurso:

- Em dias de nevoeiro, deverá ter cuidado em atravessar a Estrada do Rochão, pois a visibilidade poderá ser reduzida para quem transita;

- Poderá ser frequente encontrar gado bovino que apesar de estarem habituados à presença humana é recomendada atenção ao cruzar-se com os animais;

- Na zona dos painéis solares, a largura de passagem é reduzida sendo que recomendamos cuidados redobrados.

Mapa

 

Galeria

Partilhe Esta Página